segunda-feira, 4 de agosto de 2014

Não é só mar e areia


Three Great Body Sunscreens—What Do You Use?

Se há algo bom numa praia apinhada de gente é o facto de conseguirmos ouvir uma novela diferente de qualquer lado, que sempre dá para entreter enquanto secamos ao sol. Eu juro que não quero ouvir mas as pessoas também não se ficam por volumes menores e eu chego sempre a apanhar histórias deveras interessantes.
Ontem ouvi uma senhora a queixar-se às amigas que não podia levar a sua cadela para nenhum lado porque ela era logo apreciada por toda a gente. Por palavras dela: " Ela é daquelas cadelas que tem perna alta mas é baixinha e magrinha ao mesmo tempo, pelo fininho e assim brilhante, as orelhas estão assim ( não vi o gesto que ela fez) tás a ver? Não são pontiagudas e feias, não! É mesmo uma cadela diferente." Depois as amigas disseram algo que não prestei atenção e ela voltou a narrar o seu grande drama: " É que basta levá-la comigo ao café que as pessoas todas olham e dizem "ai, nunca vi cão assim! que lindo", começam logo a cair em cima da cadela e a fazer-lhe festas e para isso não. Para isso fica em casa." 
A seguir a ouvir isto ri-me um bocado e fui dar um mergulho. Ainda não consegui perceber, após muita reflexão, qual é o problema da cadela da senhora ser apreciada... até devia ser um orgulho! Mas pronto, há manias para tudo e só porque a dona não quer levar com complementos ao seu bichinho, lá fica o bichinho em casa. Enfim... É como eu digo, bom para entreter.

19 comentários:

  1. Ás vezes também me acontece estar na praia e depois ouvir coisas no género

    ResponderEliminar
  2. Eu acho que a senhora tem ciúmes da cadela, por a cadela ter festinhas e ser apreciada e a senhora não

    ResponderEliminar
  3. A senhora queria é que a apreciassem a ela, não é óbvio? Partilhar o protagonismo é uma chatice

    ResponderEliminar
  4. Queria a atençao para ela e nao para a cadela :P Cada filme na praia, uma pessoas realmente entretem.se :P

    ResponderEliminar
  5. Ahaha sempre dá para distrair xD Mas como disse a Briana, a senhor devia era de ter ciumes :/

    ResponderEliminar
  6. Ahahah eu tenho é pena do bichinho, que fica em casa xp

    ResponderEliminar
  7. Deve ser ciumenta... xd [a seguir :)] bjs

    ResponderEliminar
  8. Este comentário foi removido por um gestor do blogue.

    ResponderEliminar
  9. Sim ahah, de facto há sempre histórias interessantes!

    ResponderEliminar
  10. Praia não é praia sem estes filmes haha. A senhora devia de estar carente e queria a atenção toda para ela. É com cada uma!

    ResponderEliminar
  11. Ouve-se com cada coisa na praia xD

    ResponderEliminar
  12. R: oh, obrigado pela apreciação a sério. :))

    ResponderEliminar
  13. r: como posso não estar perto dela, se eles vivem na mesma casa, embora dentro de pouco tempo nós dois vamos começar a nossa vida juntos ela vai ser sempre irmã dele, embora ele também se tenha desligado dela, é complicado.

    ResponderEliminar
  14. Também me acontece ouvir histórias assim ahah.

    ResponderEliminar
  15. É verdade, adoro essa parte xD
    R: Foi o melhor sim..

    ResponderEliminar
  16. Pior do que isso é estares tu na toalha e chegar à praia um casal de idosos com a neta, a senhora vai passear e vira-se a criança: Vôvô a vóvó onde foi? E avô diz-lhe que foi passear e já volta, a criança sossega e fica a brincar com o avô, passado um tempo chega a avó, a criança não pára calada e de repente começa a cantar a Oh Laurindinha, venha à janela... (a musica completa) e dali a segundos está a avó também a cantar, eu e a minha mãe olhamos uma para a outra e partimo-nos a rir ahahah Mas a criança é insuportável quando a avó está por perto, sim porque a avó disse-lhe: Oh Dianinha descansa, por isso é que a tua mãe não te traz à praia! E ela: Não digas à mãe que me estou a portar mal, vamos procurar a Laurindinha! E enquanto ela procura a Laurindinha tens sossego :)

    ResponderEliminar