sábado, 12 de julho de 2014

A minha brasileira



Ontem fez uma semana desde que me despedi da minha colega de casa. Não foi uma despedida do tipo "Vejo-te para o ano", foi uma despedida provavelmente bem mais longa. A minha casa académica bem podia ser conhecida como a casa internacional visto que há sempre estudantes de erasmus ou de programas parecidos por lá.
 Uma dessas estudantes entrou em Fevereiro e era brasileira. Dei-me logo bem com a menina e como ela disse no fim " você ia adorar o Brasil! Você tem todo o espírito brasileiro", acabamos por descobrir que tínhamos muita coisa em comum. Resumindo, tornamo-nos grandes amigas. Iamos juntas às compras, ela desabafava comigo sobre o namorado e os amigos e eu com ela sobre... bem, sobre tudo! Faculdade, amigos, rapazes, família... Tudo. Ela é muito boa ouvinte, boa conselheira e sobretudo o ombro dela comprovou, por inúmeras vezes, ser muito confortável para as minhas lágrimas.
 Mas, como qualquer coisa boa, há sempre um lado mau, ela só ia estar em Portugal uns meses, de Fevereiro a inícios de Julho. E foi exactamente de ontem há uma semana atrás que ela foi embora, para o seu país. Escusado será dizer que houve lágrimas, várias. E escusado será dizer que ainda houve mais depois de eu estar sozinha.
Contudo tudo foi preparado para uma boa despedida. Na noite anterior, nós, mais uma colega de casa e as amigas brasileiras dela fomos assistir ao fogo de artifício sobre o rio em Coimbra, e depois  fomos "dançar até o sol raiar" ( mentira, foi só até as 4:30h) para um bar/discoteca que passa muita música brasileira, aquela que realmente me anima e me dá vontade de dançar . Foi uma das minhas melhores noites de Coimbra, diverti-me para caraças e nem foi preciso rapazes ou estar alterada para isso. Ela adorou, eu adorei. Não podia ter sido melhor.
No entanto, e passada uma semana, já tenho saudades dela. Claro que agora há mil e uma maneiras para enganar as saudades, tais como o skype, o whatsapp e o facebook. Mas, lá está, é enganar a saudade, não é matá-la. Por isso mesmo, fi-la prometer que daqui a dois anos tentava voltar a Portugal na altura da queima, para me ver no cortejo, no ano do meu carro. Espero que consiga, senão lá vou ter eu de ir ao Brasil ahaha 

25 comentários:

  1. Oh, gostei tanto do que li! Há amizades que nos marcam :)

    ResponderEliminar
  2. R: Com algumas pessoas da blogo, sim..

    ResponderEliminar
  3. R: imaginemos que melhoro na 2ª fase, mas para o ano teria que fazer outra vez a 1ª fase de F.Q para puder candidatar-me na 1ª fase do ensino superior. Mas e se nessa 1ª fase obtenho uma má nota ou pior que os deste ano, será que posso usar à mesma as notas deste ano?

    ResponderEliminar
  4. Está a chegar o dia em que vou ter de despedir das "minhas meninas" e nem quero imaginar como é que vai ser.
    É bom haver amizades assim.
    Bjinho*

    http://barulhodasletra.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  5. Têm de trocar agora de papéis. Ahah

    r: Londres também deve ser lindo!

    ResponderEliminar
  6. r: pois mas isto faz-me sentir uma porcaria.

    ResponderEliminar
  7. Espero que consigam voltar a ver-se em breve!!

    ResponderEliminar
  8. quando as festas começaram em coimbra, andava eu a estudar! depois vim embora, pensava que já tinham acabado. afinal, voltaram, mas eu já não estou aí :c
    r: oh eu desistir, não desisto, porque às vezes são mesmo a nossa salvação, apesar de me custar muito a admitir. por alguma razão, eu continuo a andar com eles, mesmo quando estão todos partidos e têm que me obrigar a deitá-los fora :p
    o sumol é muito mais o meu género, por isso tendo dinheiro, ia muito mais rapidamente ao sumol do que ao sudoeste!
    eu não sei como nem porquê, mas não consigo usar muita roupa, parece que não me lembro de que a tenho.. mas depois ando sempre a queixar-me que tenho pouca roupa mimimi tenho que ir às compras.. enfim ahah

    ResponderEliminar
  9. R: obrigada pela tua ajuda, mais uma vez :) Vou lá segunda informar-me, espero que se mantenha como foi na tua altura, porque assim é muito melhor.

    ResponderEliminar
  10. r: sem duvida, quero voltar a repetir
    Esse tipo de amizades são unicas

    ResponderEliminar
  11. Oh que amizade bonita. Vais ver que ela vem :)

    ResponderEliminar
  12. ahah quando fores ao brasil leva-me contigo :p é muito bom termos amigos assim, pensa que sentir saudades é bom quer dizer que essa pessoa te faz bem :) a vossa amizade é muito bonita ;)

    r: eu sou assim porque em tempos não o era, e acabei por me prejudicar. Porém, acho que preferia os outros tempos, porque às vezes acumular tudo cá dentro dá comigo em doida e a única solução é chorar quando estamos sozinhas, mas se tivéssemos acompanhadas um abraço sabia sempre bem e eu nunca os tenho porque as pessoas acham sempre que estou bem, mas na verdade eu espero que leiam os meus olhos e percebam por eles, mas isso nunca acontece...

    ResponderEliminar
  13. As despedidas custam sempre tanto...
    R: Vou pôr claro, mas todas no técnico :) Lá isso tens razão!

    ResponderEliminar
  14. R: Deixaram de me falar simplesmente, deixaram de me vir visitar.. :/

    ResponderEliminar
  15. Isso é tão mau :( Também tive uma amiga brasileira, dava-me mesmo bem com ela, e quando ela foi para o Brasil fiquei tão triste...houve também muitas lágrimas. E se vocês viviam juntas, ainda tinham uma maior amizade...espero que continuem a falar, e que não percam o contacto nunca!! Beijinhos e muita força!! :)

    ResponderEliminar
  16. é bom quando fazemos boas amizades! é pena ela ter que voltar para a terra dela

    ResponderEliminar
  17. São boas amizades que se guardam :)

    ResponderEliminar
  18. É tão bom ter amizades dessas (:
    Pena ela ter voltado para o Brasil mas assim sempre que se voltarem a ver vai ser fantástico :D

    ResponderEliminar