sábado, 1 de fevereiro de 2014

A doce da minha vizinha


São pessoas como a minha vizinha que me fazem acreditar que ainda há boa gente neste mundo, gente generosa, preocupada com os outros e principalmente corajosa e determinada. Admiro-a e vou-vos contar porque. Ora bem, as minha vizinha tem cerca de 90 anos e vive sozinha. Tem problemas de audição ( ouve mesmo muito mal) apesar de ter um aparelho auditivo. Vive sozinha porque? Não tem filhos ou familiares que possam cuidar dela? Tem, tem dois filhos. Só que esses dois filhos já não vivem nem trabalham por aqui e, apesar da insistência por parte deles para que ela vá viver com algum deles, ela recusa sair daqui, da casa dela. Ela gosta e quer continuar a viver aqui. Corajosa, como disse antes. Tem uma senhora durante o dia que cuida dela, no entanto. Acontece que, anteontem, faltou a àgua no prédio e nós nem nos apercebemos porque estavámos a jantar. De repente tocam-nos à campinha...era então a doce da nossa vizinha ( cujo nome nem sei) a perguntar se também não tínhamos água e, quando o fomos confirmar ela, toda simpática, ofereceu-nos um garrafão de água que tinha para nos dar auxílio na casa de banho. Dizia ela: " Mas esta é a água das flores, só pode mesmo ser usada para a casa de banho!" Nós agradecemos e eu fiquei a pensar naquele gesto tão bonito. Claro que não lhe custou nada, não é nada fora do normal mas o facto de uma senhora com 90 anos, que pouco ou nada sabe de nós se lembrar sequer de nos trazer aquele garrafão deixou-me tocada. Mas no acaba aqui, passado um bocado ela toca outra vez à campainha e diz: " Também precisam de água para beber? Se precisarem também tenho ali uma garrafinha!". Após agradecermos e dizermos que não, que tínhamos para beber ela diz, toda preocupada: "Ahh e fechem as torneiras! A água pode voltar do nada à noite e depois pode haver uma inundação." 
Concluí, em conversa com a minha colega de casa que presenciou isto comigo, que, de facto, tínhamos uma vizinha super querida. Com aquela idade cuida mais ela de nós do que nós dela. Da próxima vez pretendo ser eu a ter um gesto bonito com ela.

19 comentários:

  1. Oooohhh!! Que senhora tão fofinha *.* É com pequenos gestos como esses que vemos o verdadeiro carácter de alguém

    ResponderEliminar
  2. É verdade .
    Obrigada vou-te seguir também *

    ResponderEliminar
  3. Talvez seja também a necessidade de falar com alguém ser a senhora que trata dela. Espero que a senhora fale com mais pessoas para não se sentir tão sozinha e espero que os filhos, mesmo apesar de ausentes, lhe liguem com frequência para saber dela!

    ResponderEliminar
  4. Ainda há pessoas boas
    r: é mesmo !

    ResponderEliminar
  5. oh que querida, vocês deviam mesmo retribuir o gesto! para além de que uma vizinha assim, quando se vive sozinho, dá sempre jeito :p

    ResponderEliminar
  6. r: obrigada :D , é mesmo um doce !

    ResponderEliminar
  7. Oh tão querida... :D
    É sempre bom ter boas relações com os vizinhos... e ela de certeza que tambem gosta de ver agitação e alegria no predio fazes bem em tambem querer mima-la um bocadinho. ela vai adorar.

    ResponderEliminar
  8. Oh que amorosa! :D
    Faz bolachas e leva-lhe algumas :p

    ResponderEliminar
  9. Que linda *.* só eu é que não tenho vizinhos assim :( Mas é bom saber que o mundo ainda tem pessoas boas!!

    Love,Jenna
    http://veatravesdemim.blogspot.pt/
    veatravesdemim@hotmail.com

    ResponderEliminar